Publicidade

Índice que mede confiança da indústria atinge maior nível desde março de 2018

0

De acordo com a Fundação Getúlio Vagas (FGV), o índice que mede a confiança da indústria cresceu 1,5 ponto no primeiro mês de 2020, atingindo a marca de 100,9 pontos. Esse é o maior nível desde março de 2018. Entende-se que o mês de janeiro teve esse valor porque os empresários melhoraram as suas expectativas.

Publicidade

Vale mencionar que a confiança aumentou em 13 dos 19 segmentos do setor industrial que foram analisados. O Índice de Expectativas e o Índice de Situação Atual também avançaram. Quer saber mais sobre os dados revelados por esses indicadores? Então continue lendo o nosso artigo!

confiança da indústria
Entenda por que a confiança da indústria aumentou! (Foto: Divulgação)

Entenda os números apontados pelo índice de confiança da indústria e por outros indicadores

A economista Renata de Mello Franco, do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas, fez algumas declarações a respeito do crescimento da confiança da indústria.

Segundo ela, os empresários ainda estão insatisfeitos com o nível de demanda atual. Ainda assim, ela afirmou ter existido uma melhora considerável nas expectativas.

Publicidade

Para a economista, esse é um sinal de que também pode haver uma melhora de ânimo no primeiro semestre. Ainda assim, ela deixou claro que, para essa conjuntura se sustentar, é necessário que haja crescimento da demanda interna.

Vale ainda apresentar os resultados de outros indicadores. O Índice de Expectativas (IE) atingiu a marca de 102,0 pontos, crescendo assim 2,8 pontos. Esse é o maior nível do indicador desde junho de 2018, quando ele chegou a marcar 102,2 pontos.

É importante mencionar que esse índice é composto de outros indicadores. Dentre eles, existe um que mede as perspectivas de evolução do ambiente de negócios nos próximos 6 meses. Esse medidor avançou 4,6 pontos, alcançando a marca de 103,5 pontos. Essa variação teve a maior contribuição para a alta do Índice de Expectativas como um todo.

O Índice da Situação Atual (ISA), por sua vez, teve a variação de 0,1 ponto, alcançando 99,7 pontos. Esse é o maior nível do indicador desde março de 2018, quando ele atingiu 100,1 pontos.

Com relação aos indicadores que compõem esse índice, o único que apresentou queda foi o que media a satisfação com a situação atual dos negócios. De 100,7 pontos, o indicador caiu para 100,0 pontos.

Considerações finais

Tendo dito isso, nós do WR Notícia esperamos que você tenha entendido porque o nível de confiança da indústria aumentou. Comente se você já havia sentido a melhora das expectativas relacionadas ao setor industrial. Não deixe também de acompanhar o nosso site para saber mais sobre a economia do nosso país e do mundo.

 

Fonte: G1

Publicidade